Dieta do Ovo

Dieta do ovo – como funciona? Saiba mais!

Antes de tudo, é válido ressaltar que nenhuma dieta que tenha como filosofia principal a restrição parcial de nutrientes e calorias é uma boa opção para quem almeja atingir o peso ideal. Portanto, a dieta do ovo que iremos mostrar a seguir, embora possua vertentes do modelo apresentado acima, possui diversos pontos de divergência que torna-a uma das melhores opções para seus usuários.

A dieta do ovo consiste em adicionar entre dois a quatro ovos diários em suas refeições, deixando-as mais calóricas e ricas em proteínas, o que diminui a sensação de fome.

Bom? Bastante! Todavia, ao utilizá-la, você estará ingerindo proteínas limitadas, o que poderá acabar sendo prejudicial para sua saúde posteriormente.

Os ovos utilizados na dieta poderão ser cozidos, na qual são menos calóricos. Todavia, caso não goste da ideia, poderá fritá-los com azeite, óleo de coco ou manteiga, pois estão na lista das ‘gorduras saudáveis’.

Entretanto, a indicação para se obter melhores resultados, é de fato cozinhar os ovos antes de ingeri-los.

Pontos importantes da dieta

Este tópico irá servir como uma espécie de “regras práticas” desta dieta. Nas quais, consistem basicamente em : aumentar o consumo legumes, carnes brancas e gorduras boas.

Fácil, né? Sim! Todavia, lembra da regrinha das demais dietas de não consumir bebidas alcoólicas? Pois bem, será necessário utilizá-la na dieta do ovo também.

Além do mais, também é proibido o consumo de refrigerantes, doces, frituras e daquelas besteirinhas que compramos na rua, como por exemplo, comida de fast food.

Como começar?

Então, antes de tudo… é importante que você compre algumas dúzias de ovos (risos – brincadeiras a parte). É necessário que você formule um cardápio, introduzindo alguns ovos e alimentos saudáveis, sendo sempre o ‘prato principal’ – o ovo!

Veja o exemplo a seguir, uma dieta de dois dias, apenas para limpeza do corpo e nada mais.

  • Café da manhã: Café sem açúcar (ou com adoçante) + dois ovos cozidos + 5 castanhas
  • Lanche: 1 fruta
  • Almoço e janta: Frango sem óleo + arroz + legumes
  • Lanche: 1 fruta ou iogurte natural

De maneira básica, este é o modelo de uma dieta à base de ovo.

Vantagens

Então, esta dieta não é uma boa opção para quem almeja perder muitos quilogramas a longo prazo, entenda o porquê. A dieta do ovo é bem vantajosa e exerce muito bem a função de ‘limpar o corpo’, ou como muito dizem, desintoxicá-lo.

Isso se dar devido sua composição ser mui rica em gorduras boas, vitaminas e proteínas. Dessa maneira, sua quantidade de calorias é compensada pela quantidade de benefícios que se agregam a ela.

Além disso, é possível conciliar a dieta do ovo com diversos exercícios – leves e moderados que irão ajudar bastante no processo de redução de peso.

Atenção!

Antes de você iniciar essa e qualquer outra dieta, entre em contato com um nutricionista de sua confiança e peça orientação do mesmo, para lhe informar a melhor quantidade de ovos diários e o tempo de dieta.

De maneira geral, o recomendável são 14 dias (dua semanas) de dieta, logo em seguida, deverá começar utilizar mais alimentos, sempre optando pelos frescos.

E lógico, para manter o peso e alcançar resultados ainda melhores, é necessário ‘fechar a boca’ e evitar alimentos ricos em gorduras ruins, além do mais, sempre praticar aquela boa e velha atividade física.

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*